Alíquotas do Lucro Real: Como elas funcionam?

Descubra como funcionam as alíquotas do Lucro Real, como fazer a sua apuração e quem pode se beneficiar delas.

Graças às alíquotas do Lucro Real, este pode ser um regime tributário que é extremamente benéfico para as empresas. Quer saber como? Então, fique conosco.

Neste artigo, você verá quais são e como funcionam as alíquotas do Lucro Real.

O que é o Lucro Real?

Antes de mais nada, é essencial que a gente explique o que é o Lucro Real e como ele funciona. Resumidamente, ele regime tributário que as alíquotas são cobradas com base no lucro efetivo da empresa.

[elementor-template id="10054"]

Em outras palavras, os impostos são cobrados sob a diferença entre as receitas e despesas ajustadas pelas exclusões, adições e deduções previstas na lei. 

O Lucro Real é obrigatório para as empresas que têm receita bruta anual superior a R$ 78 milhões, ou que se enquadram em determinadas atividades, como bancos, seguradoras, factoring, etc. 

Porém, ele pode ser optado pelas outras empresas que o acharem mais vantajoso do que os outros regimes tributários

Quem pode ser beneficiado pelas alíquotas do Lucro Real? 

De modo geral, as alíquotas do Lucro Real podem apresentar uma vantagem para empresas que têm margem de lucro baixa. Além disso, quem tem muitas despesas dedutíveis, como amortização e juros, também pode ser beneficiado.

Dessa forma, o Lucro Real pode resultar em uma carga tributária menor do que o lucro presumido ou o Simples Nacional.

Por outro lado, optar pelo Lucro Real também tem algumas desvantagens. A principal delas é a maior complexidade da apuração, sendo necessária uma contabilidade mais rigorosa dos impostos. 

Além disso, ele pode ser desfavorável para as empresas que têm uma margem de lucro alta, ou que têm poucas despesas dedutíveis, pois o imposto será calculado sobre o lucro efetivo, que pode ser maior do que o presumido ou o simples.

Quais são as alíquotas do Lucro Real?

Agora que você sabe sobre como as alíquotas do Lucro Real são cobrados, é importante entender como elas são cobradas. 

No Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), a alíquota é de 15% sobre o lucro real, mais acréscimo de 10% sobre a parcela que exceder R$ 20 mil por mês. 

Só para exemplificar, se uma empresa tem um lucro real de R$ 25 mil em um mês, ela pagará 15% de IRPJ sobre R$ 20 mil, e 10% de IRPJ sobre R$ 5 mil, que é a parcela excedida.

Na Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL), a alíquota cobrada é de 9% em cima do Lucro Real.

Além disso, as empresas que optam por esse regime, devem pagar o PIS e a COFINS sobre o faturamento. As alíquotas são 1,65% e 7,6%, respectivamente, podendo aproveitar créditos sobre insumos, despesas e custos. 

Como apurar o lucro real?

De antemão, é importante explicar que “apurar o Lucro Real” significa calcular o lucro da empresa. Isso pode ser feito de duas formas: Trimestral ou anual:

Apuração trimestral

Na apuração trimestral, o IRPJ e a CSLL são pagos a cada três meses, com base no lucro real do período. Nesse caso, não há ajuste anual e nem possibilidade de compensar prejuízos de um trimestre para outro.

Apuração anual

Já quando falamos da apuração anual, o IRPJ é pago mensalmente, com base em uma estimativa do Lucro Anual, que pode ser feita pelo lucro acumulado, receita bruta ou percentual fixo.

Nesse caso, há um ajuste anual, em que se compara o lucro real do ano com o valor pago mensalmente, podendo haver restituição ou complementação do imposto. Além disso, é possível compensar prejuízos de um ano para outro, limitado a 30% do lucro real.

Conte com a Contábil Rio para ajudar sua empresa!

Você acabou de conferir as principais informações sobre as alíquotas do Lucro Real. Além disso, também percebeu que sua empresa pode se beneficiar desse regime e sua forma de cobrar impostos. 

No entanto, o Lucro Real exige uma contabilidade rigorosa e por esse motivo, é necessário contar com o auxílio de um contador.

A Contábil Rio tem anos de experiência na gestão contábil de empresas do Lucro Real. Com a nossa equipe de especialistas, temos a expertise necessária para que você aproveite esse regime tributário de forma eficiente.

Portanto, não perca tempo. Conte com a gente e descomplique a sua gestão contábil!

DESCOMPLIQUE A SUA CONTABILIDADE HOJE MESMO

Classifique nosso post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Saiba tudo sobre o regime Lucro Real para empresas Evitar…