Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A China está se tornando cada vez mais forte no comércio internacional. Porém, notadamente nos últimos anos, os Estados Unidos têm se mantido entre os países que mais investem em importação e exportação.

Mas como exportar para os EUA?

É sobre este assunto que falaremos neste artigo, mostrando a você os passos básicos para exportar para os EUA estando no Brasil. Siga lendo e descubra como essa atividade pode ser lucrativa para você, ainda mais tendo em vista que as relações entre esses países têm se estreitado nos últimos tempos, especialmente com o novo governo eleito.

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade no Méier Rio de Janeiro - RJ | Contábil Rio

Acordo de Cooperação Comercial e Econômica

Em 2011, EUA e Brasil firmaram o Acordo de Cooperação Comercial e Econômica. O objetivo dele é fazer com que a cooperação entre Brasil e EUA cresça, de maneira a tornar mais fácil os processos de importação e exportação. Assim, o pacto tratou de questões como inovações, resolução de obstáculos e incentivo ao comércio exterior.

Portanto, é esperado que o fluxo comercial entre EUA e Brasil venha a crescer cada vez mais para ambos os países. Tendo em vista esse cenário, não parece uma grande oportunidade exportar para os EUA?

Porém, lembre-se de que atividades de exportação e importação de empresas necessitam de registro no Siscoserv, seja para pessoa física ou jurídica.

Procedimentos para exportar para os EUA

O Brasil é um dos países que mais importam dos ianques. Por outro lado, nosso país se destaca por exportar produtos agrícolas para os EUA, como sucos de frutas, vegetais, café, óleos, tabaco e carnes vermelhas.

Mas a variedade de produtos do Brasil passíveis de exportação para os EUA é muito grande: a indústria da moda e de cosméticos, por exemplo, sempre está em alta, além de equipamentos e matéria-prima.

Logística de importação

Entre EUA e Brasil, a logística do processo de importação é feita em duas modalidades:

Aérea

A rota de saída de mercadorias mais importante é na Flórida. Aeronaves embarcam, em geral, com fretes bem acessíveis, pelo grande volume de cargas e por haver muitos voos. Um transporte aéreo da China para São Paulo pode chegar a 6 USD por quilo, ao passo que de Miami para GRU não sairia por mais de 1 USD por quilo. Portanto, importar por via aérea dos EUA é bem mais vantajoso que da China.

Outros aeroportos norte-americanos que fazem voos frequentes para levar mercadorias para o Brasil são os de Nova York, Atlanta, Dallas, Los Angeles e Chicago. 

Obs.: os fretes são mais em conta para exportadores com cadastro no TSA, conhecidos como “Known Shippers”, em português “Embarcadores Conhecidos”. 

Marítima

O transporte por via marítima dos EUA para o Brasil tem um ótimo custo-benefício, tendo em vista que o frete é baixo e a entrega é bem mais rápida do que a realizada pela China: em média são até 15 dias para os EUA, e cerca de 30 dias para receber mercadorias da China.

Como no caso da via aérea, a Flórida é a melhor rota, e o porto mais importante de saída e entrada de cargas é o Porto de Everglades. 

Além disso, o frete marítimo LCL tem baixo custo.

Conclusão

O Acordo de Cooperação Comercial e Econômica entre Brasil e EUA facilita bastante o comércio entre esses países.

Nos EUA, você encontra preços competitivos e uma grande variedade de produtos de qualidade. Você pode ter uma ideia acessando o eBay, por exemplo. 

A verdade é que um produto vindo dos EUA tem, em geral, mais credibilidade do público que um proveniente da China ou de outro gigante asiático.

No entanto, nem tudo é um mar de rosas: há relatos de problemas com logística nos EUA, deficiência de profissionais e outros fatores que fazem com que os preços do transporte interno norte-americano se elevem, especialmente na costa oeste.

Independentemente disso, exportar para os EUA é um negócio promissor. Escolha um nicho adequado de mercadorias e consulte um agente de cargas para encontrar a melhor rota de exportação para o seu negócio. 

Esperamos que você tenha apreciado nosso conteúdo sobre como exportar para os EUA. Se gostou, compartilhe! Se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco! 

Aproveite e saiba mais sobre Abertura e Legalização de Empresa de Importação e Exportação.

Compartilhe nas redes!

Summary
Como exportar para os EUA?
Article Name
Como exportar para os EUA?
Description
A China está se tornando cada vez mais forte no comércio internacional. Porém, notadamente nos últimos anos, os Estados Unidos têm se mantido entre os países que mais investem em importação e exportação. Mas como exportar para os EUA? É sobre este assunto que falaremos neste artigo, mostrando a você os passos básicos para exportar para os EUA estando no Brasil. Siga lendo e descubra como essa atividade pode ser lucrativa para você, ainda mais tendo em vista que as relações entre esses países têm se estreitado nos últimos tempos, especialmente com o novo governo eleito.
Author
Publisher Name
Contábil Rio
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CADASTRE-SE EM NOSSA

NEWSLETTER

Receba nossos Artigos no seu e-mail!

Basta preencher o formulário abaixo para ficar por dentro de tudo que preparamos para sua educação corporativa.

Recomendado!
Você sabe qual é o maior mercado online do Brasil?…
Open chat