Entenda como diminuir os tributos no e-commerce com 5 técnicas infalíveis!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Descubra as melhores formas de como diminuir os tributos no e-commerce e as aplique no seu negócio o quanto antes

Imagine o seguinte cenário: 

O seu e-commerce tem um alto volume de vendas durante o mês, conquista mais clientes, garante uma expressiva entrada de receita que gera um faturamento realmente satisfatório, contudo, após o pagamento de todos os custos e obrigações, a lucratividade é muito abaixo do esperado…

Essa situação é a realidade de muitos negócios, tanto físicos quanto virtuais, e se dá por diversos fatores. 

Porém, um dos mais significativos está ligado à tributação, que é o grande desafio de muitos empresários. 

A tributação brasileira é reconhecida com uma das mais complexas e com maiores valores de alíquotas do mundo, sendo uma dificuldade enfrentada por muitos donos de e-commerce. 

E se você conseguiu enxergar o seu e-commerce dentro disso, as informações que vamos apresentar neste artigo são vitais para que isso mude, pois, hoje, falaremos sobre como diminuir os tributos no e-commerce. 

Assim, o valor de faturamento destinado ao pagamento de tributos será o mais reduzido possível, garantindo a sua conformidade junto à Receita Federal e ao Fisco, bem como a saúde financeira que seu e-commerce precisa para crescer cada vez mais.

E, para isso, preparamos 5 técnicas infalíveis que você precisa aplicar o quanto antes em sua empresa. 

O que gera altos valores de tributos no e-commerce? 

O cumprimento das obrigações tributárias é essencial para que os e-commerces possam atuar em regularidade, porém, o que ocorre são erros que aumentam significativamente o valor a ser pago. 

As principais razões para que isso ocorra são:

  • Falta de conhecimento aprofundado sobre o que dizem as legislações tributárias que impactam em e-commerce; 
  • Ausência de um planejamento tributário efetivo; 
  • Não ter suporte especializado.

Se algum desses pontos é a realidade do seu e-commerce, é preciso se atentar, pois, é possível que o pagamento de tributos em demasia esteja sendo realizado. 

Mas não se preocupe! Ao longo dos próximos tópicos vamos explicar para você os principais conceitos essenciais para manter a regularidade do seu comércio e como diminuir os tributos no e-commerce de forma legal, eficiente e precisa. 

Substituição tributária… Você conhece e se atenta a isso? 

Se termos como “substituição tributária” são desconhecidos para você – ou você até já ouviu falar, mas não entende completamente como se aplicam no seu negócio -, já identificamos um problema. 

Compreender esse aspecto é crucial para que você não pague impostos que, na verdade, já foram pagos no início da cadeia tributária. 

Sendo assim, vamos explicar para você, de forma simples e objetiva, no que consiste esse aspecto e de que forma ele impacta na tributação do seu e-commerce:

Substituição tributária do ICMS, PIS e Cofins

De forma objetiva, a substituição tributária é um regime pelo qual seu e-commerce pode optar, onde os impostos incidentes pelos produtos que você comercializa são cobrados apenas pelo fabricante dos mesmos. 

Assim, o tributo que o Governo irá arrecadar de você e do fabricante é apurado de uma vez, apenas pelo fabricante.

Ou seja, neste caso, você não precisa se preocupar com seu ICMS, PIS ou Cofins. 

Todavia, muitos donos de e-commerce que não têm conhecimento sobre isso acabam por pagar esses impostos novamente – especialmente quando estão enquadrados no Simples Nacional, não se atentando a isso na hora de pagar a DAS. 

Com isso, são pagos mais impostos do que o devido, gerando créditos tributários, os quais falaremos mais para frente. 

Entretanto, um outro fator importante e que precisa ser considerado é o fato de que e-commerces, comumente, realizam entregas para todos os estados do Brasil, o que impacta no ICMS, afinal, ainda que seja realizada a substituição tributária do ICMS do estado de origem, é preciso se atentar para a tributação no estado de chegada – se for diferente. 

Mas, afinal, como diminuir os tributos no e-commerce? 

Agora que temos todos esses pontos, vamos falar sobre como diminuir os tributos no e-commerce. 

Para isso, o primeiro passo é o que acabamos de fazer, ou seja, compreender o tópico acima. 

Com isso, podemos evidenciar as técnicas infalíveis de como diminuir os tributos no e-commerce – e não preocupe, pois não se tratam de coisas impossíveis, mas, sim, de práticas essenciais para a saúde do seu negócio. 

1º – Técnica de como diminuir os tributos no e-commerce: Planejamento tributário 

Quando falamos de um negócio, o planejamento sempre é essencial. 

A própria abertura do seu e-commerce é um exemplo disso, afinal, foi preciso planejar como tudo funcionaria, o que seria comercializado, toda a questão logística e diversos outros fatores, não é mesmo? 

Desde o início do negócio, o planejamento tributário precisa ser presente, porém, se não foi assim no seu, não se preocupe, pois ainda dá tempo. 

A realização de um planejamento tributário consiste em:

  • Analisar as especificidades do seu e-commerce; 
  • Analisar a natureza jurídica;
  • Enquadramento no regime tributário mais adequado;
  • Elaborar um plano tributário que compreenda todas as questões fiscais incidentes sobre um e-commerce (como a substituição tributária); 
  • Revisão periódica para garantir que tudo esteja em ordem. 

Ou seja, o planejamento tributário é um fundamento de como diminuir os tributos no e-commerce, afinal, é por meio dele que tudo é considerado e você sabe exatamente o que precisa ser pago. 

Contudo, vale ressaltar um ponto muito importante: a elaboração do planejamento tributário precisa ser feita por profissionais contábeis especializados no seu segmento, pois, a expertise sobre o assunto é crucial para garantir assertividade.

2º – Técnica de como diminuir os tributos no e-commerce: Restituição de substituição tributária 

Lembra do que explicamos no tópico sobre substituição tributária, certo? 

Não é incomum que aquele fator não seja considerado e o ICMS, PIS e Cofins sejam pagos duas vezes, de forma indevida, ou seja: 

  • O fabricante – responsável por toda a cadeia tributária – realiza o pagamento;
  • Você realiza o pagamento do imposto que já foi pago. 

Quando isso ocorre, são gerados créditos tributários que, muitos não sabem, mas podem ser restituídos para o caixa do seu negócio! 

E Commerce - Contabilidade no Méier Rio de Janeiro - RJ | Contábil RioPowered by Rock Convert

Para isso, é realizada a restituição de substituição tributária que, apesar de não ser necessariamente uma forma de como diminuir os tributos no e-commerce, é uma forma de reaver o que já foi pago em excesso.

Para isso, é realizada:

  • Uma análise minuciosa dos tributos pagos; 
  • A identificação de quanto de crédito foi gerado; 
  • A solicitação de restituição junto à Receita Federal. 

Podem ser restituídos créditos dos últimos cinco anos, mediante a apresentação dos comprovantes dos pagamentos – por isso, sempre os guarde. 

E, novamente, vale ressaltar que o suporte de especialistas contábeis é fundamental para que isso seja realizado de forma eficiente, precisa e rápida! 

Com a aplicação dessa técnica, seu e-commerce pode reaver valores que irão dar fôlego financeiro para o negócio. 

3º Técnica de como diminuir os tributos no e-commerce: Acompanhamento contínuo de todas as questões tributárias do e-commerce

Como evidenciamos, a questão tributária de um e-commerce é complexa, afinal, tem toda a influência estadual referente ao ICMS, PIS e Cofins e a apuração dos impostos a serem pagos precisa ser minuciosa e precisa. 

Isso exige o acompanhamento contínuo de todas as questões tributárias, sendo mais uma forma de diminuir os tributos no e-commerce. 

Afinal, com esse acompanhamento, que deve ser feito por especialistas contábeis, você já pode contar com a aplicação das duas técnicas anteriores e garantir que tudo sempre esteja impecável. 

Para isso, é preciso contar com profissionais que possuem conhecimento sobre as especificidades tributárias do seu segmento e que estejam preparados para colocar tudo isso em prática. 

Com isso, além da conformidade com suas obrigações, você ainda usufrui de mais tempo e tranquilidade para focar nos demais aspectos do e-commerce que exigem sua atenção, para que funcionem de forma eficiente e gerando os resultados que você espera.

4º Técnica de como diminuir os tributos no e-commerce: Atenção aos prazos

Pode até parecer uma técnica óbvia – afinal, quem não sabe que precisa cumprir com os prazos de pagamento -, contudo, a quantidade de tributos que são pagos em atraso, ou até mesmo são esquecidos, é bem significativa, e eles geram multas que aumentam o valor pago em tributos.

Se você tiver o apoio de uma contabilidade que te auxilia de perto, esse nem sequer será um problema, mas preparamos algumas dicas simples e efetivas para você não perder prazos e precisar lidar com multas e problemas com o Fisco: 

  • Organize tudo em um planilha ou software voltado para isso; 
  • Tenha um checklist que você possa ir marcando quais obrigações já foram pagas; 
  • Faça lembretes – podendo ser em papel ou até mesmo digitais. 

Com tudo isso, perder os prazos será praticamente impossível. 

5º Técnica de como diminuir os tributos no e-commerce: Atenção aos incentivos fiscais 

O avanço digital teve um boom em um curto período de tempo, fazendo com que os aspectos relacionados ao e-commerce sejam algo novo e ainda sendo estruturado pelo Governo. 

Alguns estados já contam com incentivos fiscais referentes ao ICMS, portanto, é válido se informar sobre isso e fazer uso desses incentivos em seu dia a dia para garantir um pagamento de tributos preciso.

Aplique essas técnicas de como diminuir os tributos no e-commerce o quanto antes e vença a crise! 

Tudo que apresentamos até aqui não são apenas conceitos e técnicas para você conhecer e aplicar em algum momento. 

Na realidade, tudo isso precisa ser aplicado o quanto antes em seu e-commerce para garantir que ele não tenha problemas com os impactos da crise, causada pela pandemia de Coronavírus. 

Ainda que os e-commerces sejam parte dos segmentos que, durante a crise, viram uma oportunidade para crescer, do que adianta faturar muito se uma porcentagem expressiva precisar ser dedicada aos impostos – sem falar nos demais custos operacionais?

Para além disso, momentos de crise são imprevisíveis, mas todos sabemos que estamos suscetíveis a enfrentá-los, portanto, é preciso garantir que seu negócio esteja preparado para todas as situações – sabendo como diminuir os tributos no e-commerce. E aplicando essas técnicas, o seu financeiro estará muito mais propenso a conseguir vencer qualquer momento adverso. 

Garanta que seu e-commerce funcione de forma impecável como um todo 

Saber como diminuir os tributos no e-commerce representa muito mais do que simplesmente conseguir pagar valores menores ao Governo. 

Na realidade, esse conhecimento permite: 

  • Conformidade completa com as obrigações; 
  • Um financeiro estável;
  • Custos otimizados; 
  • Regularidade e transparência tributária; 
  • Maior compreensão e controle sobre os tributos que seu e-commerce precisa arcar. 

E todos esses fatores são responsáveis por manter um e-commerce que funciona sem problemas distante de processos, multas e demais sanções fiscais. 

Afinal,  seu e-commerce é como uma peça que precisa de todas as engrenagens funcionando eficientemente, ou seja, saber e aplicar técnicas de como diminuir os tributos no e-commerce é uma engrenagem vital para que seu e-commerce funcione. 

Portanto, a nossa grande recomendação hoje é que você pegue todo o conteúdo que apresentamos até aqui e o torne mais do que uma leitura que você realizou, colocando em prática e sentindo os impactos positivos gerados por tudo o que foi passado.

E se você quer fazer isso o quanto antes, o nosso próximo tópico é um convite irrecusável para a plena conformidade, segurança e assertividade tributária do seu e-commerce. 

Você já encontrou quem te entende!

Durante todo esse conteúdo sobre como diminuir os tributos no e-commerce, ressaltamos a importância de contar com profissionais especializados para dar todo o suporte necessário para que essas técnicas sejam colocadas em prática de forma eficiente. 

E você já tem isso bem aqui. 

Nós, da Contábil Rio, somos uma contabilidade:

  • Especializada em e-commerce; 
  • Com experiência no mercado;
  • Com profissionais que possuem a expertise para aplicar tudo que apresentamos em prática; 
  • Que entende as necessidades específicas de cada cliente e não para até atendê-las. 

Portanto, sem sombra de dúvidas, você já encontrou quem te entende, não só para aplicar tudo sobre como diminuir os tributos no e-commerce, mas, também, para ser seus aliados na construção do sucesso do seu negócio. 

Ao contar conosco, você tem o acompanhamento próximo de profissionais que são especialistas na área e que estão prontos para te atender, para aplicar as técnicas de como diminuir os tributos no e-commerce e para te auxiliar com tudo refere ao: 

  • Departamento fiscal;
  • Departamento contábil;
  • Departamento pessoal.

Com a Contábil Rio, você só tem a ganhar, tendo o suporte de um escritório contábil que sabe identificar exatamente o que seu negócio precisa para ter todas as condições possíveis para prosperar. 

E para contar conosco é muito simples! Basta solicitar o contato e um de nossos especialistas irá te atender e dar início a um trabalho impecável para seu e-commerce. 

Estamos apenas esperando por você. 

Compartilhe nas redes!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



CADASTRE-SE EM NOSSA

NEWSLETTER

Receba nossos Artigos no seu e-mail!

Basta preencher o formulário abaixo para ficar por dentro de tudo que preparamos para sua educação corporativa.

Recomendado só para você!
É preciso pagar impostos para venda on-line? Especialista explica em…