Seu Hotel está sempre Lotado? Ocupação máxima não é a melhor métrica do setor hoteleiro para maximizar receitas. Entenda porquê…

Embora seja muito bom ver o seu hotel em ocupação máxima essa não é a única métrica do setor hoteleiro a ser avaliada!

Muitos empreendedores do setor hoteleiro se orgulham em lidar com os seus empreendimentos em ocupação máxima, contudo, em muitas situações essa não é a melhor métrica a ser avaliada, afinal, estar com a casa cheia não significa, necessariamente, que você está lucrando tudo o que poderia.

Mas não precisa se preocupar mais quanto a isso, na postagem de hoje, nós, da Contábil Rio, vamos te explicar com maior exatidão quais são as métricas do setor hoteleiro e como você pode saber se a ocupação máxima está lucrando ou não.

Mas, antes, vamos entender,  do que se tratam as métricas…

O que são as métricas do setor hoteleiro?

As métricas são indicativos que servem para mensurar variáveis, tendências e comportamentos do seu empreendimento, servindo como embasamento para que suas ações, focadas principalmente ao setor de marketing, sejam assertivas.

A primeira ação, antes mesmo de determinar qual a métrica a se utilizada, é a definição do seu objetivo de mercado, só assim, será possível saber qual o melhor embasamento que se adapta a ele.

Tendo em mente que a métrica escolhida, você precisará utilizá-la em todos os processos da sua ação de mercado, desde a elaboração do seu planejamento, e acompanhá-la a cada etapa do seu projeto.

Conheça as principais métricas do setor hoteleiro

Conheça, a seguir, as principais métricas do setor hoteleiro e descubra se a ocupação máxima está realmente valendo a pena!

RevPar

A “Revenue per Availabe Room”, – que, traduzida do inglês para o português, significa “Receita por quarto disponível”, – tem como objetivo mensurar a sua receita por quarta vago, – como o nome sugere.

Desse modo, para que ela seja calculada é necessário dividir a receita líquida (com aplicação de impostos e afins) obtida nos quartos por dia pelo total de quartos do hotel.

Receita líquida por dia / número total de quartos =  RevPar.

A intenção, geralmente, é aumentar o valor do RevPar, o que gera mais receita.

ADR

A ADR – “Average Daily Rate”, ou traduzido do inglês para o português “Taxa Média Diária” – é usada para a definição do preço médio da diária.

O seu cálculo faz parte da métrica do RevPar, porém são divididos somente os quartos ocupados, dessa forma:

Receita líquida por dia / número total de quartos ocupados =  ADR.

Yield Management

A Yield Management (YM), ou então “Gestão de rendimentos”, serve como indicativo de oferta e demanda do seu estabelecimento, sendo assim, quando a oferta é maior que a demanda os preços tendem a cair, e vice-versa.

Portanto, para que você saiba como realizar esse cálculo, e subir ou abaixar os preços nos momentos certos, é preciso multiplicar a taxa de ocupação dos quartos pela eficiência da taxa, que é representada pela média de quartos pela máxima de diária.

CAC

O Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é uma métrica do setor hoteleiro utilizada para saber quanto foi gasto para que o cliente contratasse os seus serviços.

Para realizar o seu cálculo é preciso somar todo os custos com marketing de atração e vendas e dividi-los pela quantidade de clientes adquiridos com a ação promocional em determinado período.

Σ custos com marketing / clientes adquiridos no período apurado = CAC.

ROI

O “Return Over Investment” (ROI), ou então Retorno Sobre Investimento, como o nome já sugere, indica o retorno obtido sobre o investimento realizado em ações de atração de cliente para o seu hotel.

Desse modo, para o seu cálculo, são subtraídos do seu faturamento os gastos (investimento) com a sua ação.

Faturamento apurado – Gastos (Investimento) = ROI.

LTV

Para conhecer o Tempo de Vida do Cliente, utilizamos o “Lifetime Value” (LTV) como métrica do setor hoteleiro responsável por essa análise.

A partir dela é possível saber  a recorrência dos clientes em seu hotel. Para o seu cálculo são apurados os valores gastos pelo cliente por mês vezes o número de meses que ele passa em seu hotel.

Gastos do cliente * Número de meses que ele investe = LTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, como podemos te ajudar?
Powered by